Bíblia journaling

Quem me conhece sabe que tenho uma síndrome degenerativa dos nervos, que me prejudica na coordenação motora. Faz três anos que não ando mais, escrevo manualmente muito mal, muito lentamente e com traços trêmulos.

Sempre gostei de escrever e desenhar, mas com a era digital, fui fazendo tudo isso por computador/celular e acabei perdendo mais rapidamente a capacidade de escrever e desenhar. Tudo ficou muito mais difícil, e a única coisa que ainda me prendia a me exercitar com lápis de cor era sublinhar versículos bíblicos. Até que há alguns dias descobri a bíblia journaling.

Mas o que é a bíblia journaling? A bíblia journaling é uma maneira de meditar as Sagradas Escrituras e adorar a Deus de modo artístico. Existem bíblias próprias, com espaço livre nas margens laterais para fazer anotações, desenhos, pinturas, colagens e o que criatividade do coração mandar. No entanto, bíblias comuns também podem ser utilizadas. A escolha é pessoal.

Eu ainda não tenho uma bíblia própria para journaling, mas já está a caminho. Enquanto isso, estou me exercitando na minha bíblia de estudo mesmo. Até que não ficou tão mal, não é?

Só vejo pontos positivos com esse estilo devocional. Além de estar mais perto do Senhor pela meditação da Sua Palavra, excercito minhas mãos, minha criatividade e ainda fico menos tempo no celular. Estou muito animada. Glória a Deus!

Anúncios

Há 17 anos!

Há dezessete anos eu me apaixonei.
Conheci o amor mais puro
Que se pode ter nesse mundo.
Comecei aprender a amar de verdade.
Você mudou completamente minha vida!
Em todos os sentidos!
Me virou do avesso
E de tudo que conheço,
Por nada trocaria a alegria de um sorriso teu,
Mesmo dormindo…
Nos meus braços!
Ser tua mãe foi o maior presente,
Que Deus poderia me dar.
Hoje você está uma moça,
Cheia de sonhos.
Que todos possam ser realizados
Segundo a vontade de Deus
Para a tua maior felicidade.
Minha filha, eu te amo!
E dizer que te amo é pouco
Para tanto amor!

——————

Feliz Aniversário, filha!
Que Deus abençoe todos os dias da sua vida.

Amo todas as cores

Amo todas as cores,
A violeta um pouco mais.
Mistura de azul e vermelho,
Várias nuances de tons
Do roxo ao lilás.

Amo todas as cores,
Repetir não é demais.
Quão belo é o arco-íris,
Enlaçando o sol e a chuva
Num lindo sinal de paz.

Cada cor sua simbolgia:
Vermelho, intensidade;
Laranja, alegria;
Amarelo, amizade;
Azul, harmonia;
Verde, tranquilidade;
Violeta, quem diria,
A essa tonalidade,
Que eu mais me apegaria.

Porém as cores pra mim,
São todas muito especiais.
Da minh’alma faço um jardim
Com os lindos tons universais.

Vejo a poesia

Vejo a poesia, e não é de hoje.
A vejo roçando as árvores com o vento,
A vejo na gotinha do orvalho da manhã,
A vejo também nas pedras, no asfalto,
Do mesmo modo que nas flores e borboletas,
No por do sol, na lua e nas estrelas.
Vejo nos meus tombos e nas mãos dos que me erguem,
Dos que me ajudam.
Desde tenra idade que vejo a poesia.
Lembro a primeira vez…
Foi no azul do céu.
Tinha ali alguma coisa…
E pensei que eu via a Deus.
Quem sabe se não via?
Porque seriamente desconfio
Que Deus também seja poesia.
A grande e incontestável Poesia,
Que bem poucos, muito poucos,
Conseguem contemplar.
Assim segui vendo a poesia em tudo.
A poesia me sorri e me leva pela mão,
A desejar ver além da ilusão,
A desejar vê-la sempre mais
Até que ela se impregne em mim,
E, com ela, também me torne poesia,
Entre os espinhos, flores e aromas do meu ser.